Canteiro instalado esta semana

Projeto de formação de mão-de-obra ganha agilidade com antecipação das licenças ambientais pela Semace
Está sendo instalado esta semana o canteiro de obras do Centro de Treinamento Técnico Corporativo do Ceará (CTTC), que irá capacitar mão-de-obra para os empreendimentos previstos para o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP). A liberação da Ordem de Serviço (OS), prevista anteriormente para a última semana de junho, foi adiantado no último dia 16 pelo presidente do Centro de Ensino Tecnológico do Ceará (Centec), Odorico Monteiro, que estima em, no máximo, um ano a conclusão do prédio.
Segundo ele, a antecipação foi motivada pela liberação por parte da Semace, antes do previsto, das licenças ambientais definitivas de instalação e de utilização do uso alternativo do solo com supressão vegetal. Depois que o canteiro estiver implantado, a construção do CTTC será iniciada. "A construção seguirá dentro do cronograma. Daqui há dois meses já devemos estar realizando a primeira visita de acompanhamento das obras", estima.
Paralelamente à construção do Centro, o presidente do Centec - órgão que irá gerenciar o CTTC - visitará outras instituições nacionais semelhantes, além de se encarregar do escopo de cada laboratório e da formatação dos cursos. "Em um ano ou até menos queremos que o Centro de Treinamento esteja pronto e funcionando", planeja.
Maior projeto público de capacitação de mão-de-obra, o Centro terá 9.100 metros quadrados de área construída e 16 mil metros quadrados de área projetada. Ele terá capacidade para capacitar 12 mil alunos por ano, devendo formar inicialmente profissionais para construção civil, eletromecânica e petroquímica, incluindo bombeiros, ajudante de construção, entre outros.
O prédio contará com setor administrativo, laboratórios, auditório com capacidade para 275 pessoas e cozinha semi-industrial. Localizado no município de Caucaia, ele ficará no entroncamento das CEs 085 e 422. A obra física custará R$ 13,7 milhões, que segundo informou Odorico Monteiro foi o valor da licitação. Estimativas anteriores orçavam o projeto em R$ 27.266.438,00, dos quais R$ 15,87 milhões seriam destinados à construção e R$ 11,69 milhões aos equipamentos. O valor do investimento com equipamentos, segundo o presidente do Centec, estão sendo reavaliados.

Fonte: Diário do Nordeste (CE)/ÂNGELA CAVALCANTE


Marintec Navalshore