Caminhoneiros encerram paralisação no Porto de Santos

Manifestação parou o maior porto da América Latina
A paralisação dos caminhoneiros que interrompia as entradas e saídas de cargas do Terminal de Contêineres do Porto de Santos terminou por volta das 16h desta quarta-feira com a consolidação de um acordo entre o Sindicato dos Transportes Autônomos de Contêineres de Guarujá e Santos e a empresa portuária Santos Brasil. O acesso ao local já está sendo normalizado.
Segundo reportagem do site "A Tribuna Online", dirigentes da empresa afirmaram que poderão reduzir para no máximo 2 horas o tempo de espera para que os caminhoneiros desembarquem as cargas no terminal. Na terça, segundo os caminhoneiros, o processo demorava até 6 horas para ser concluído.
Outro ponto do acordo foi a criação de uma comissão formada por membros do sindicato e da empresa para discutir permanentemente melhorias no acesso ao terminal.
Até a tarde desta quarta, cerca de 500 carretas interrompiam as entradas e saídas de carga do terminal, causando quatro quilômetros de lentidão na rodovia que liga Santos ao Guarujá. O protesto dos caminhoneiros autônomos havia começado na noite de terça-feira.(Fonte: Agência BOM DIA)

Priner     Terlogs     Mampaey     AAPA
             

Tche Digital

 

 

Sinaval

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios