Porto do Açu

Calado - Praticagem de Santos simula canal

Tendo em vista o estreitamento do canal de entrada do porto de Santos, para permitir a homologação de maior profundidade, a praticagem de Santos propôs às autoridades marítima e portuária a realização de manobras em simulador. As simulações têm o intuito de evitar que os grandes navios que operam atualmente no porto sofram restrições em função do novo balizamento do canal e do consequente estreitamento, ocorrido após as obras de seu aprofundamento. De acordo com os critérios técnicos recomendados, a dimensão dos navios e as condições de navegação podem receber limites inferiores aos atuais. “Na tentativa de evitar que os grandes navios que já operam no porto sejam impedidos de entrar, bem como para minimizar o prejuízo que poderá ocorrer à dinâmica do tráfego no porto, a praticagem propôs a simulação para, utilizando-se de toda a perícia e expertise dos práticos, verificar quais seriam os limites máximos do novo canal, em condições próximas da realidade”, revelou o presidente da praticagem de Santos, Paulo Sérgio Barbosa.

As simulações estão sendo realizadas em duas etapas. A primeira foi realizada nos dias 27, 28 e 29 de maio, com o objetivo de definir as dimensões máximas dos navios que poderão navegar pelo novo canal. Na segunda etapa, em junho, serão realizadas simulações para definir se o novo canal, mais estreito que o atual em determinado trecho (entre as boias 3 e 4), permitirá o tráfego em mão dupla. Se isso for permitido, então serão definidas as dimensões máximas dos navios que podem cruzar em trechos mais estreitos.


Porto do Açu


Priner     Terlogs     Mampaey     AAPA
             

Tche Digital

 

 

Sinaval

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios