Cade oficializa suspensão de processo contra empresas que admitiram cartel na Petrobras

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) informou a suspensão de processo que investiga suposto cartel em licitações da Petrobras em relação às empresas OAS, Carioca Engenharia e Odebrecht, após a assinatura por elas de termos em que "reconhecem sua participação e trazem evidências que corroboram a conduta investigada."

Segundo publicação no Diário Oficial da União, essas construtoras e seus representantes tiveram homologados pelo tribunal administrativo do órgão antitruste TCC (Termos de Compromisso de Cessação) das práticas irregulares.

O processo em tramitação no Cade, que apura a existência de cartel no mercado de serviços de engenharia, construção e montagem industrial 'onshore' no Brasil para participação em licitações da Petrobras, envolve ainda diversas outras empresas.

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

São alvos do processo Alumini Engenharia (ex-Alusa), Camargo Corrêa, Andrade Gutierrez, Queiroz Galvão, Engevix, Galvão Engenharia, DDK SA, Iesa Óleo e Gás, Jaraguá Equipamentos Industriais, Mendes Júnior, MPE Montagens e Projetos, Promon Engenharia, Schahin Engenharia, Skanska Brasil, SOG Óleo e Gás, Techint Engenharia, Tomé Engenharia e UTC, além de representantes das empresas.

Segundo o despacho do Cade, "fica facultado aos demais representados a possibilidade de se manifestarem até o final da instrução".

O Cade já havia informado em novembro do ano passado sobre a assinatura dos TCCs junto às três empresas. Na época, o órgão afirmou que o acordo com a OAS prevê o pagamento de R$ 124,7 milhões de (incluindo pessoas físicas), enquanto o da Carioca Engenharia envolve R$ 54,16 milhões, ao passo que Odebrecht e executivos deverão desembolsar R$ 338,9 milhões.

No âmbito do mesmo processo, já havia sido assinado TCC com a Andrade Gutierrez, homologado em 2017, com pagamento previsto de R$ 49,85 milhões.

Fonte: Folha SP

Comentários

 

 

Reportagens da edição 702

Presença a bordo

08 Jul 2019 18:07 Navegação

Empresas pedem manutenção das vagas na formação para não faltar marítimos. Sindicato cobra equilíbrio entre oferta e demanda • O mercado de navegação no Brasil apresenta oferta de marítimos superior à...

Legal Seminar

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Considerado o mais importante mercado “offshore” fora do Mar do Norte, o Brasil também atraiu a atenção de armadores noruegueses em evento paralelo • A primeira apresentação deu uma visão das...

Mercado de gás

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

As oportunidades no setor de gás no Brasil também foram debatidas no evento.  A superintendente de Oléo e Gás do estado do Rio de Janeiro, Cristina Pinho, deu um quadro...

Brasil na Nor-Shipping

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Pela terceira vez o Brasil promove um seminário durante o evento • Se neste ano o clima do evento em geral já era mais leve que nas edições anteriores, no caso...

Leia mais reportagens da edição impressa

Cash Computadores

Kincaid

Consórcio Águas Azuis

Container Institute

Tche Digital

Assine Portos e Navios

Aapa

ABTP

Sinaval

Fenavega Abratec