Brasil Terminal investe R$ 1,2 bi para nova área portuária santista

SANTOS - A criação de mais de 10 mil postos de trabalhos e recuperação ambiental de áreas degradadas são benefícios que a cidade de Santos (SP) espera capitalizar com a construção de empreendimento em área portuária, pela Brasil Terminal Portuário (BTP) que terá investimento da ordem de R$ 1,2 bilhão. A assinatura do contrato pela obra, a BTP e a Construtora Andrade Gutierrez S.A. ocorreu em cerimônia na sede da Companhia das Docas do Estado de São Paulo (Codesp), com a presença do ministro chefe da Secretaria Especial de Portos, Pedro Brito, nesta semana.
Participaram o prefeito de Santos, João Paulo Tavares Papa, o presidente da Codesp, José Roberto Correia Serra, o diretor-geral da BTP, Henry James Robinson, o vice-presidente de Relações Institucionais da Andrade Gutierrez, Flávio Gomes Machado Filho, e outras autoridades. Com o início das obras, previsto para abril deste ano, o novo terminal portuário será construído em área arrendada de 342 mil metros quadrados na Alemoa, que serviu durante 50 anos como depósito de lixo da Codesp, proveniente do Porto.
Apenas na recuperação do terreno serão mais R$ 235 milhões. Brito diz que a obra é importante avanço do crescimento do Porto. "Mesmo com a crise internacional, o Porto de Santos manteve seu projeto de expansão, resultado de parceria entre iniciativa privada e Governo."
Solução
Já para o prefeito de Santos, João Paulo Tavares Papa, a construção do terminal portuário da BTP transforma um problema da cidade em solução tecnológica e economicamente adequada. "Essa obra marca a história pela capacidade de operação do terminal e pela solução de um problema ambiental". O novo terminal terá 1.108 metros de cais acostável para movimentação de contêineres e de líquidos a granel.
Segundo estimativa, a operação anual será de 1,1 milhão de TEUs (unidade referente a contêineres de 20 pés) e de 1,2 milhão de toneladas/ano de líquidos. Terá tecnologia de ponta em todas as operações. Na fase de construção, está prevista a geração de 3 mil empregos diretos e indiretos. Na fase de operação, o terminal portuário da BTP deve criar 10.500 empregos, entre diretos e indiretos. A Santos Brasil inaugurou a extensão do Tecon Santos, o Terminal 4 (T4), em Guarujá, que amplia cerca de 20% a estrutura do Tecon.
A companhia Brasil Terminal Portuário (BTP) terá investimento da ordem de R$ 1,2 bilhão para uma nova área no Porto de Santos, em parceria na obra com a Construtora Andrade Gutierrez.(Fonte: DCI/da sucursal de santos)

Priner     Terlogs     Mampaey     AAPA
             

Tche Digital

 

 

Sinaval

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios