Marintec Navalshore

Bons investimentos

A expectativa é que número de arrendamentos portuários cresça em 2020, apesar de modelo ser burocrático

• Embora ainda apresente gargalos, a expectativa é de que o número de arrendamentos portuários no Brasil continue em ritmo de crescimento. Após a aprovação do marco legal, Lei nº 12.815/13, chamada “Lei dos Portos”, houve um crescimento considerável nos processos de licitação de áreas nos portos organizados. O objetivo da licitação de terminais é sanar os principais empecilhos de escoamento e internalização de cargas do país.

Conforme afirmou o Ministério da Infraestrutura, esse crescimento pode ser observado quando comparado o número de licitações ao longo dos anos. Entre 2015 e 2017 foram realizadas seis licitações. Já entre os anos de 2018 e 2019, foram realizadas 22, o que demonstra um aumento expressivo nos processos de arrendamentos portuários. Apenas este ano, de acordo com informações do ministério, foram licitadas 16 áreas, por meio das quais o governo federal arrecadou em torno de R$ 8,1 bilhões.

Restrito a assinantes

Assine Portos e Navios

Consórcio Águas Azuis fundo transp Intermodal
  Thermo Solutions     Assine Portos e Navios

  Catálogo da Indústria Marítima

 

 

  Anuncie PN

 

Tche Digital

 

 

 

Sinaval   Abratec
Publicidade

Catálogo da Indústria Marítima