Marintec Navalshore

Aprovado o novo PDZ do Porto de Imbituba

Está em vigor o novo Plano de Desenvolvimento e Zoneamento (PDZ) do Porto Organizado de Imbituba, em Santa Catarina. Aprovado pelo Ministério da Infraestrutura, entrou em vigor na segunda-feira, 10 de agosto. O documento traz um amplo descritivo da situação atual do porto e traça seu horizonte até 2034, propondo um caminho de desenvolvimento que se altera entre os cenários de curto, médio e longo prazo.

A versão atual vem sendo trabalhada pela SCPAR Porto de Imbituba desde 2014 e substitui a versão instituída em 2006.

A primeira parte do plano detalha as instalações de armazenagem e equipamentos portuários, descreve as áreas arrendadas e arrendáveis, instalações retroportuárias, áreas de apoio logístico, instalações de suprimentos, como energia elétrica e telecomunicações, situação socioambiental e aspectos de segurança portuária.

O documento apresenta também o plano operacional, onde lista melhorias operacionais e de gestão, proposições de reorganização estratégica de áreas, além de investimentos para modernizar as instalações portuárias e seus acessos e adequar a infraestrutura às demandas operacionais.


Catálogo da Indústria Marítima


“O PDZ está integrado aos demais instrumentos de planejamento portuário, internos e nacionais, o que nos permite atuar de forma estratégica para potencializar as capacidades do porto, pautados em um documento que reúne dados, informações e conhecimentos e que propõe cenários de desenvolvimento e zoneamento inteligentes”, avalia Luís Antonio Braga Martins, presidente da SCPAR Porto de imbituba.

As diretrizes do PDZ do Porto de Imbituba convergem com o Plano Nacional de Logística Portuária (PNLP), o Plano Geral de Outorgas (PGO), o Plano Mestre do Complexo Portuário de Imbituba (2018) e o Plano de Negócios do Porto de Imbituba.


Marintec Navalshore