Marintec Navalshore

Após o arrombamento

Portos aumentam o investimento em segurança de dados para evitar ataques cibernéticos
• Para evitar ataques de hackers ao sistema de segurança de dados, os portos públicos e terminais privados têm aumentado aos investimentos no setor. No último mês de outubro, o Porto de Fortaleza sofreu um ataque cibernético, afetando as operações e pondo em risco informações que atendem diretamente aos negócios do porto.

Após invasão ao sistema, a Companhia Docas do Ceará informou que está investindo em firewall e antivírus mais robustos, além de ter iniciado um processo de contratação de novos servidores. A companhia também revelou que está implementando Política de Segurança da Informação, Plano de Continuidade do Negócio e Plano de Recuperação de Desastres.

Restrito a assinantes