APM Terminals conquista mais uma escala da Ásia para Itajaí

Com o anúncio da reestruturação e de uma nova rotação do serviço que conecta a Ásia à Costa Leste da América do Sul, a partir de agora operado pelos armadores Maersk Line e Hamburg Sud, a APM Terminals Itajaí passa a dispor de duas escalas semanais, ao invés de apenas uma, no serviço Asas 1. 

Na prática, a adição de uma escala ao serviço melhorará os tempos de trânsito para as importações que descarregam no terminal, impactando positivamente nos volumes operados e, principalmente, na cadeia de suprimentos dos clientes importadores. Na exportação, o serviço mantém em Itajaí o seu ponto estratégico para embarque de cargas refrigeradas, aumentando a capacidade de tomadas nos navios. Além disso, dispõe de espaço para outras cargas cativas da região, como é o caso das indústrias madeireira, cerâmica e de celulose.

“A adição de uma escala semanal deste serviço representa um marco competitivo para Itajaí nas cargas provenientes da Ásia. Isso porque, com um tempo de trânsito menor que 40 dias para importações, garantimos uma logística mais eficiente e confiável aos clientes importadores. A expectativa é que cada escala deste serviço movimente cerca de 500 contêineres, dobrando o volume atual operado pelo terminal nas rotas da Ásia”, destacou Ricardo Arten, Diretor Superintendente da APM Terminals Brasil.

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

Um dos principais benefícios aos clientes está na disponibilidade de um armazém alfandegado dentro do terminal, reduzindo em até 3 dias o processo logístico dos importadores. “Realizamos serviços de retirada da mercadoria do contêiner (desova) para o nosso armazém, que dispõe de tecnologia para atender tanto cargas consolidadas, quanto desconsolidadas. Por estar dentro do terminal portuário, o cliente pode efetuar todo o processo de liberação da carga ou dos lotes no armazém alfandegado, evitando custos desnecessários. Além disso, para cargas desconsolidadas, oferecemos ainda a facilidade do transporte até a planta do cliente”, explicou José Bechara, Diretor Comercial da APM Terminals Brasil. 

O primeiro navio do serviço Asas 1 já reestruturado e com nova rotação vai sair do porto de Busan, na Coreia do Sul, no dia 16 de dezembro. No total, são 13 navios, com capacidade entre 8.700 e 9.000 TEUs. A expectativa é que a primeira escala em Itajaí ocorra na segunda quinzena de janeiro.

Comentários

 

 

Reportagens da edição 702

Presença a bordo

08 Jul 2019 18:07 Navegação

Empresas pedem manutenção das vagas na formação para não faltar marítimos. Sindicato cobra equilíbrio entre oferta e demanda • O mercado de navegação no Brasil apresenta oferta de marítimos superior à...

Legal Seminar

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Considerado o mais importante mercado “offshore” fora do Mar do Norte, o Brasil também atraiu a atenção de armadores noruegueses em evento paralelo • A primeira apresentação deu uma visão das...

Mercado de gás

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

As oportunidades no setor de gás no Brasil também foram debatidas no evento.  A superintendente de Oléo e Gás do estado do Rio de Janeiro, Cristina Pinho, deu um quadro...

Brasil na Nor-Shipping

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Pela terceira vez o Brasil promove um seminário durante o evento • Se neste ano o clima do evento em geral já era mais leve que nas edições anteriores, no caso...

Leia mais reportagens da edição impressa

Cash Computadores

Kincaid

Consórcio Águas Azuis

Container Institute

Envie uma pauta

Tche Digital

Assine Portos e Navios

Aapa

ABTP

Sinaval

Fenavega Abratec