MSC

Administração Biden imporá tarifas sobre guindastes chineses de navio

O presidente Biden anunciou planos para impor tarifas de 25% sobre guindastes ship-to-shore (STS) fabricados na China, em uma medida para reduzir o que chama de práticas comerciais desleais da China.

O aumento das tarifas, que deverá entrar em vigor este ano, faz parte de uma estratégia cujo objetivo divulgado é a salvaguarda dos trabalhadores, empresas e cadeias de abastecimento americanos. A medida também ocorre em meio a preocupações crescentes sobre a segurança dos portos dos EUA e potenciais ameaças à segurança cibernética provenientes de equipamentos portuários fabricados na China.

A Shanghai Zhenhua Heavy Industries (ZPMC) é um importante fornecedor de guindastes STS para portos nos EUA e no mundo. A empresa tem sido alvo de um escrutínio rigoroso devido às suas alegadas vinculações com o Partido Comunista Chinês.

PUBLICIDADE


Para melhorar a segurança portuária, a Casa Branca emitiu uma Ordem Executiva em Fevereiro , destinada a reforçar a segurança nacional, fortalecer as cadeias de abastecimento e melhorar a segurança cibernética marítima. Como parte desta iniciativa, a Administração Biden comprometeu-se com um investimento de US$ 20 bilhões para reforçar o retorno da produção doméstica de gruas STS nos EUA.



Praticagem

   ATP    GHT    abtp
       

Hidroclean

 

 

Países Baixos

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira