O Aché Laboratórios lançou a pedra fundamental da sua nova fábrica na manhã desta segunda-feira (7/5). Localizada no Complexo Industrial Portuário de Suape, a unidade será erguida numa área de 25 hectares (250 mil metros quadrados) no Cabo de Santo Agostinho. Com investimento de R$ 500 milhões e a geração de 3.000 empregos diretos e indiretos durante a fase de operação, este é o maior empreendimento privado anunciado nos últimos anos no Brasil.

O projeto, que contempla uma fábrica para produção de medicamentos sólidos e um centro de distribuição, será entregue em duas fases. A primeira delas será uma área dedicada para embalagem de produtos sólidos e o centro de distribuição, os quais serão inaugurados no primeiro semestre de 2019. Já a segunda fase, que abrange também a fabricação dos medicamentos, está prevista para 2021. Quando concluídas as duas etapas, a planta de Suape terá capacidade para produzir cerca de 700 milhões de unidades de medicamentos alopáticos e fitoterápicos por ano.

“Aproveitamos essa oportunidade com o grupo Aché, de avançar, de se desenvolver. Um grupo que já tem mais de 50 anos fazendo medicamento no Brasil, de maneira tão profissional e correta. E hoje, o Ache dá vida a esse empreendimento, com o lançamento da pedra fundamental. E, com certeza, essa indústria de medicamentos em Pernambuco será referência não só para o Nordeste, mas para o Brasil. Digo isso sem medo de errar, porque todos os empreendimentos que aqui chegaram, tiveram a certeza de que investir em Pernambuco vale a pena. Eles conhecem o nosso potencial, tanto no aspecto da infraestrutura quanto na questão tributária, e, principalmente, no fornecimento de uma mão de obra de qualidade, que dá conta do recado e que efetivamente faz toda a diferença”, destacou o governador.

 

“Ao constatar o foco que esse Governo dá a esses dois pilares - que nós entendemos ser fundamentais para qualquer região em desenvolvimento -, que são a educação e a saúde, só reafirma a certeza da nossa escolha por Pernambuco. Eu tenho a certeza de que esse é apenas o início de um projeto de muito sucesso, que trará bons frutos para todos aqueles que acreditam e que estão engajados nesta nova empreitada. Agradeço a parceria até aqui, com o desejo de que nossos vínculos se estreitem ainda mais para que possamos, de maneira sustentável, apoiar e promover o desenvolvimento do nosso amado Brasil", explanou a presidente do Aché, Vânia Nogueira de Alcântara Machado.

“O Porto de Suape é a peça chave na ampliação das exportações do Aché, que hoje já são realizadas para mais de 20 países na América do Norte, América Latina e África”, conta Adriano Alvim, diretor executivo de operações do Aché. A terraplenagem do terreno já foi concluída e, nesse momento, a obra está em fase de estaqueamento.

Estiveram presentes no evento o vice-governador Raul Henry; os deputados federais Betinho Gomes e Fernando Monteiro; o deputado estadual Aluísio Lessa; os secretários estaduais Marcelo Barros (Fazenda), André Gustavo (Desenvolvimento Econômico); além do secretário do Desenvolvimento e Competitividade Industrial do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Igor Calvet, que representou o Ministério da Indústria, Comércio exterior e Serviços (MDIC); o diretor do Departamento do Complexo Industrial e Inovação em Saúde, Thiago Rodrigues, que representou o Ministério da Saúde; e a diretora do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Cláudia Prates.

SOBRE O ACHÉ LABORATÓRIOS - O Aché é uma empresa 100% brasileira, com mais de 50 anos de atuação no mercado farmacêutico. Conta com três complexos industriais: em Guarulhos (SP), São Paulo (SP) e Londrina (PR); participação na Melcon do Brasil e na Bionovis, joint- venture brasileira dedicada à pesquisa e desenvolvimento de medicamentos biotecnológicos. Emprega mais de 4.700 colaboradores e possui uma das maiores forças de geração de demanda e de vendas do setor farmacêutico no Brasil. Os produtos do Aché são desenvolvidos para registro nos mercados mais regulamentados do mundo e estão presentes em mais de 20 países das Américas, África e Ásia.

 

Fonte: Ascom Suape

Comentários