Pesquisadores, autoridades da Marinha e práticos começaram a debater nesta terça-feira (7), na Universidade de São Paulo (USP), na Capital, os impactos da nova versão da norma que regula os projetos de acessos náuticos a portos do Brasil. 

O tema é discutido no seminário Técnicas modernas de projeto de acessos náuticos com base na norma ABNT NBR 13246 2017, que termina nesta quarta-feira (8) na Escola Politécnica da USP.

Na abertura do evento, foi renovado o convênio entre o Conselho Nacional de Praticagem e o laboratório Tanque de Provas Numérico (TPN) da USP. 

A parceria possibilita que estudos do TPN sejam realizados com o compartilhamento da experiência dos práticos. 

Fonte: A Tribuna