Marintec Navalshore

Vazamento de óleo e derivados da Petrobras cresce 23 vezes em 2019

A Petrobras reduziu suas emissões, mas viu a quantidade de vazamentos aumentar 23 vezes no ano passado. Ao todo, a companhia derramou 415,3 metros cúbicos de óleo e derivados em suas atividades em 2019, o pior índice registrado pela petroleira desde 2010. Na ocasião, a empresa fechou o ano com 667,7 m³ vazados.

O desempenho em 2019 interrompeu três anos consecutivos de queda no volume de vazamentos.

Em seu relatório anual, a companhia atribuiu o número, principalmente, ao vazamento de 251,8 m³ de óleo no mar durante a transferência de óleo da plataforma P-58, e ao descarte de água com óleo no mar durante procedimento de parada e partida de poços da plataforma P-53 (122 m³).

Em ambos os casos, segundo a petroleira, foram implementados procedimentos imediatos de remediação, a fim de minimizar os impactos gerados por tais vazamentos, e apuradas as causas para fins de prevenção.
Fonte: Valor


Catálogo da Indústria Marítima



Marintec Navalshore



Cash Computadores

Ecobrasil

Assine Portos e Navios

Ecobrasil fundo transp Syndarma
  Thermo Solutions     Assine Portos e Navios

  Catálogo da Indústria Marítima

 

 

  Anuncie PN

 

Tche Digital

 

 

Marintec Navalshore

 

Sinaval   Abratec

Bombando

Error: No articles to display