Workshop Tomada de decisão - investimento em portos

Vallourec Brasil conquista contrato de fornecimento de tubos para o campo Mero 1

A Vallourec Soluções Tubulares do Brasil foi contratada pela TechnipFMC Brasil para fornecer 12 mil toneladas de tubos de aço sem costura, com diâmetros externos de 8 e 10 polegadas.

Os tubos serão usados na construção dos sistemas de riser e flowlines rígidos para interconectar 13 poços (6 poços de produção e 7 poços de injeção alternada de água e gás) que serão instalados no campo Mero 1 do pré-sal, que faz parte do gigantesco reservatório de Libra. Libra cobre uma área de 1.550 quilômetros quadrados, equivalente ao tamanho da cidade de São Paulo, com reservas recuperáveis estimadas na faixa de 8 a 12 bilhões de barris de petróleo.

O Bloco de Libra é operado através de um consórcio, tendo a Petrobras (participação de 40%) como Operadora, e inclui a Shell (20%), Total (20%), CNOOC Limited (10%), CNPC (10%) e Pré-Sal Petróleo – PPSA (empresa estatal gestora do contrato).

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

O campo Mero está localizado aproximadamente a 180 quilômetros da costa do Rio de Janeiro em águas ultraprofundas e apresenta reservatório com hidrocarbonetos de alta qualidade com expectativa de alta produtividade do poço.

“Estamos muito orgulhosos de fazer parte desse importante empreendimento petrolífero, o qual é estratégico para o Brasil, e também para a Vallourec. Esse novo contrato reflete o valor das nossas soluções integradas para dutos rígidos para campos em águas ultraprofundas. Esse contrato confirma que a estratégia implementada pela Vallourec de oferecer aos clientes soluções para o fornecimento de tubos rígidos foi apropriada. Entendemos que o mercado chegou a um ponto de inflexão, em que a demanda por tubos rígidos aumentará. Nessa profundidade e distância da costa, dutos rígidos oferecem a solução mais sustentável para a vida útil dos projetos”, declara Alexandre Lyra, presidente das empresas Vallourec no Brasil.

O fornecimento dos tubos iniciará no final de 2019.

Comentários

Cash Computadores

Assine Portos e Navios

Consórcio Águas Azuis

Brasil Offshore

Tche Digital

Assine Portos e Navios

Aapa

ABTP

Ricardo Sudaiha

Fenavega Abratec