SBM vende 45% de participação no FPSO 'Almirante Tamandaré'

A SBM Offshore vendeu 45% se sua participação no FPSO "Almirante Tamandaré", atualmente em construção e destinado a operar no campo de Búzios da Petrobras. Em julho de 2021, a SBM havia divulgado a assinatura de contratos com a Petrobras para o arrendamento e operação de 26,25 anos do FPSO "Almirante Tamandaré".

A plataforma será implantada no campo de Búzios, na Bacia de Santos, a aproximadamente 177 quilômetros da costa do Rio de Janeiro. A Petrobras está operando o campo de Búzios em parceria com a CNODC e a CNOOC.

A SBM Offshore usará seu programa Fast4Ward para o projeto e construção da embarcação. O FPSO será entregue no segundo semestre de 2024. Espera-se que o primeiro óleo flua durante o mesmo ano.

PUBLICIDADE

Navalshore


O "Almirante Tamandaré" será a maior unidade produtora de petróleo offshore no país e uma das maiores do mundo. Terá capacidade diária de processamento de 225 mil barris de petróleo e 12 milhões de metros cúbicos de gás. O FPSO também terá capacidade de injeção de água de 250 mil barris por dia e capacidade mínima de armazenamento de 1,4 milhão de barris de petróleo bruto.

Em relação à venda da participação, a SBM Offshore disse que celebrou um acordo de acionistas com seus parceiros de negócios de longa data Mitsubishi Corporation e Nippon Yusen Kabushiki Kaisha. Por meio da venda, a Mitsubishi e a Nippon Yusen adquiriram as respectivas participações de 25 e 20% nas sociedades de propósito específico relacionadas ao arrendamento e operação do FPSO. A SBM Offshore continuará sendo a acionista majoritária com 55% de participação.


Pesa

        Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios