Seminário Cenários da Indústria naval e Offshore 2019

Produção de óleo e gás deve subir em 2023

Apesar do grande declínio nos campos maduros e das interrupções na oferta na Venezuela, a produção de óleo e gás na América do Sul deve passar por uma nova onda de crescimento a partir de 2023.  A tendência é apontada por recente estudo da consultoria de energia  Rystad Energy.

O relatório mostra que o Brasil, principalmente devido às descobertas do pré-sal, estará a frente desse movimento, seguido pela Argentina, graças ao desenvolvimento do xisto.  Entre os projetos que mais contribuirão para os resultados esperados no Brasil estão Búzios, Mero, Iara e a revitalização de Marlim.  A partir do próximo ano também são considerados investimentos na primeira fase do campo de Carcará, operado pela Equinor, e no campo de Lula Oeste, com operação da Petrobras.

Restrito a assinantes

 

 

Reportagens da edição 702

Presença a bordo

08 Jul 2019 18:07 Navegação

Empresas pedem manutenção das vagas na formação para não faltar marítimos. Sindicato cobra equilíbrio entre oferta e demanda • O mercado de navegação no Brasil apresenta oferta de marítimos superior à...

Legal Seminar

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Considerado o mais importante mercado “offshore” fora do Mar do Norte, o Brasil também atraiu a atenção de armadores noruegueses em evento paralelo • A primeira apresentação deu uma visão das...

Mercado de gás

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

As oportunidades no setor de gás no Brasil também foram debatidas no evento.  A superintendente de Oléo e Gás do estado do Rio de Janeiro, Cristina Pinho, deu um quadro...

Brasil na Nor-Shipping

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Pela terceira vez o Brasil promove um seminário durante o evento • Se neste ano o clima do evento em geral já era mais leve que nas edições anteriores, no caso...

Leia mais reportagens da edição impressa

Cash Computadores

Assine Portos e Navios

Consórcio Águas Azuis

Container Institute

Tche Digital

Assine Portos e Navios

Aapa

Abeam

Sobena

Fenavega Abratec