PPSA registra aumento na produção de petróleo em áreas em regime de partilha

A produção total de petróleo dos contratos em regime de partilha alcançou 56 mil barris por dia (bpd) em abril, sendo que a parcela da União somou 10,1 mil bpd, alta de 31,1% ante igual período do ano passado, informou a gestora Pré-Sal Petróleo (PPSA) nesta quarta-feira.

De acordo com o primeiro Boletim Mensal de Contratos de Partilha de Produção, com dados desde novembro de 2017, o volume produzido em abril é referente a três dos 17 contratos que já produzem neste regime —Área de Desenvolvimento de Mero (contrato de Libra), Entorno de Sapinhoá e Sudoeste de Tartaruga Verde.

A União obteve 5,4 mil bpd na Área em Desenvolvimento de Mero; 4,7 mil bpd em Entorno de Sapinhoá; e 27 mil bpd em Sudoeste de Tartaruga Verde.

No setor de gás natural, dos três contratos, há produção somente no Entorno de Sapinhoá e Sudoeste de Tartaruga Verde, em um total de 270 mil m³/dia registrado abril, leve queda de 0,73% no comparativo anual, quando a produção alcançou 272 mil m³/dia.


Catálogo da Indústria Marítima


Quanto à produção de abril deste ano, 182 mil m³/dia foram pelo Entorno de Sapinhoá e 88 mil m³/dia do Sudoeste de Tartaruga Verde.

A parcela diária da União em abril foi de 111 mil m³/dia referente ao contrato de Entorno de Sapinhoá (110.919 m3/d) e Sudoeste de Tartaruga Verde (201 m3/d). O gás natural produzido em Mero não tem aproveitamento comercial até o momento.

Desde 2017, a produção da partilha soma 37,9 milhões de barris de petróleo, sendo a Área de Desenvolvimento de Mero responsável por 70,9% dessa produção. No mesmo período, a parcela da União acumulada foi de 6,05 milhões de barris.

Fonte: Reuters


Marintec Navalshore