Petrobras vê ‘perspectiva positiva’ com descoberta de Naru, no pré-sal, diz diretor

A petroleira informou que encontrou indícios de hidrocarbonetos na concessão, arrematada em 2018

O diretor de relacionamento institucional da Petrobras, Roberto Ardenghy, disse que a avaliação da descoberta anunciada hoje em Naru, no bloco C-M-657, no pré-sal da Bacia de Campos, ainda está em fase inicial, mas que a “perspectiva é positiva” em relação ao ativo.

A petroleira informou que encontrou indícios de hidrocarbonetos na concessão, arrematada em 2018, na 15ª Rodada de licitação da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

A Petrobras é operadora do bloco, com 30% de participação, em parceria com ExxonMobil (40%) e Equinor (30%).


Rio Oil & Gas 2020


O poço 1-BRSA-1376D-RJS (Naru) está localizado a 308 quilômetros da cidade do Rio de Janeiro, em profundidade d’água de 2.892 metros.

 

Ardenghy reforçou ainda a intenção da Petrobras de integrar a Refinaria de Duque de Caxias (Reduc) ao GasLub, antigo Comperj, em Itaboraí (RJ), para a produção de lubrificantes.

Fonte: Valor Investe


Marintec Navalshore