MSC

Estudo da Firjan estima investimento potencial de R$ 50 bilhões em óleo e gás nos próximos três anos

Prevista também a abertura de mais de 63 mil empregos no mercado no período. Documento da federação será lançado nesta terça-feira (24)

O Rio de Janeiro vem ampliando sua predominância frente aos demais estados na produção de óleo. Se entre 2014 e 2017 sua participação na produção nacional foi inferior a 70%, em 2020 ela foi de 79%. E nos primeiros seis meses de 2021 alcançou 80%. Com isso, o maior polo produtor de petróleo e gás tem mapeados R$ 50 bilhões em investimentos entre 2021 e 2023 em Exploração & Produção (E&P) e Abastecimento. Os dados são do “Anuário do Petróleo no Rio 2021”, publicado pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan).

Em sua 6ª edição, o estudo da federação fluminense estima mais de 63 mil empregos no mercado de óleo e gás no período. O documento será lançado nesta terça-feira (24) em evento on-line.

O documento destaca que as exportações brasileiras de petróleo podem alcançar um volume médio de 3,4 milhões bpd, posicionando o Brasil entre os cinco maiores exportadores de óleo até 2030. E, como líder do mercado nacional, o Rio de Janeiro poderá liderar a integração do petróleo com outras energias, promovendo a sustentabilidade do desenvolvimento por meio da integração energética.


Logcomex


“No mundo, exemplos mostram que é a partir do petróleo que se dará o desenvolvimento de novas energias: recuperação de campos maduros com energia produzida a partir de eólicas offshore”, destaca o presidente da Firjan, Eduardo Eugenio.

No primeiro semestre de 2021, como principal produtor nacional, o Rio de Janeiro apresentou crescimento na arrecadação em royalties com valores médios mensais 37%, maiores que os valores do ano passado. O montante total já chega a 72,57% do arrecadado em 2019. O mesmo também acontece para as participações especiais com relação aos valores pagos em 2021. O estado do Rio recebeu mais de 32% do valor total das participações especiais do país, além da média trimestral aumentar 32% do ano passado para o primeiro trimestre de 2021.

    Terlogs     Mampaey     AAPA
             

Tche Digital

 

 

HPP

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios