Technomar

Ecopetrol recebe aval do governo para assumir fatia de 10% no bloco de Saturno

A petroleira colombiana Ecopetrol poderá assumir uma fatia de 10% no bloco de Saturno, licitado no final de 2019, após autorização do Ministério de Minas e Energia para operação em que Chevron e Shell cederam parte de suas fatias no ativo à companhia.

Segundo despacho da pasta de Minas e Energia no Diário Oficial da União desta quarta-feira, foi autorizada a cessão de 5% de participação da Shell e de 5% da Chevron para a Ecopetrol no contrato de partilha referente à área, após análise jurídica da transação.

O negócio fica condicionado apenas à substituição da garantia financeira do programa exploratório mínimo do bloco antes da assinatura do aditivo contratual.

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

O bloco de Saturno, no pré-sal da Bacia de Santos, foi originalmente arrematado pela anglo-holandesa Shell e a norte-americana Chevron em leilão da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) em setembro de 2018.[nL2N1WE0P8]

O consórcio entre as empresas, no qual cada uma detinha 50% antes da negociação com a Ecopetrol, tem a Shell como operadora.

O certame de 2018 que envolveu o bloco de Saturno ainda marcou a primeira vez em que a Ecopetrol ficou com áreas no pré-sal brasileiro sob regime de partilha. A empresa venceu junto com BP Energy e CNOOC a disputa pelo bloco de Pau Brasil na licitação.

Fonte: Reuters

Comentários

Cash Computadores

Assine Portos e Navios

Pesa

Syndarma

OTC Brasil

Tche Digital

Assine Portos e Navios

Aapa

ABTP

Sobena

Sinaval Abratec