Marintec Navalshore

Dommo reverte lucro e registra prejuízo no segundo trimestre

A Dommo Energia, ex-OGX, registrou prejuízo de R$ 193,9 milhões no segundo trimestre, revertendo lucro de R$ 19,2 milhões obtido no mesmo período do ano passado.
A receita da companhia recuou 46% no período, para R$ 83 milhões, na comparação anual, afetada pela forte volatilidade e pela queda na cotação do barril de petróleo. Segundo a empresa, a cotação média do barril do tipo Brent no trimestre, de US$ 33,39, foi 51,2% inferior ao mesmo período de 2019.

A produção no período foi de 514,6 mil barris, queda de 3,1%. A comercialização recuou 22%, para 489,3 mil barris.

O resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebtida, na sigla em inglês) foi negativo em R$ 32,1 milhões.

Além da queda na receita, a última linha do balanço foi afetada por uma série de resultados não recorrentes como R$ 73,5 milhões referente a PIS e Cofins sobre resultado financeiro; R$ 27,8 milhões de “impairment”; R$ 40,1 milhões de despesas de intervenção no poço 7-TBMT-2HP; e R$ 19,7 milhões de provisão de marcação a mercado do estoque.


Catálogo da Indústria Marítima


A companhia encerrou o trimestre com patrimônio líquido negativo (passivo a descoberto) de R$ 1,05 bilhão. “Portanto, o valor das obrigações da companhia é atualmente superior ao valor de seus ativos, espelhando tantos os desafios que ainda são enfrentados para o retorno à normalidade das atividades, assim como da indústria de óleo e gás”, acrescentou a companhia, em comunicado sobre seus resultados.
Produção de julho ante junho

A Dommo também informou a produção de 219.751 barris de petróleo em julho, crescimento de 25% ante junho. Segundo a companhia, o aumento da produção decorre da operação de quatro poços produtores no mês de julho.

O preço de referência mais recente fixado pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) para o campo é de US$ 35,20 por barril.

Fonte: Valor


Marintec Navalshore