AdvertisementAGI Brasil

Atentos a novos players

Com cautela do setor de O&G em 2020, apoio marítimo acompanha movimentos de operadoras

Os serviços de apoio à indústria de petróleo e gás no mar continuam sendo afetados pelo preço de petróleo mais baixo, que se agravou em 2020. Esse cenário atrasa a recuperação das atividades de exploração e produção e espalha cautela na cadeia de O&G. Além disso, algumas empresas estimam que os custos operacionais, especialmente gastos com as adaptações para os profissionais embarcados, aumentaram até 30% durante a pandemia. A frota de apoio marítimo que opera em águas jurisdicionais brasileiras, no entanto, segue relativamente estável nos últimos meses. A Petrobras continua sendo o principal cliente desse segmento. A projeção é de crescimento na demandas das demais operadoras.

Restrito a assinantes