Aperto em oferta da Opep deve sustentar preços do petróleo em 2019

Os preços do petróleo devem permanecer firmes este ano, já que a decisão dos EUA de acabar com as isenções ao petróleo iraniano e restrições à produção da Opep devem manter a oferta apertada, mostrou uma pesquisa da Reuters d esta terça-feira.

Uma pesquisa mensal com 31 economistas e analistas prevê que o Brent deve atingir uma média de 68,57 dólares por barril em 2019, mais de 2 por cento acima dos 67,12 dólares da pesquisa anterior, de março.

O petróleo leve americano é visto em média a 60,23 dólares por barril este ano, em comparação com 58,92 dólares previstos em março.

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

Os números mais recentes são as maiores projeções deste ano, com analistas aumentando as perspectivas pelo segundo mês consecutivo.

“A eliminação das isenções dos EUA para o Irã vai retirar de 500 mil a 1 milhão de barris por dia do mercado de petróleo”, disse Frank Schallenberger, chefe de pesquisa de commodities do LBBW.

“Juntamente com as tensões políticas na Líbia e o caos na Venezuela, isso tornará a apertada situação do lado da oferta ainda mais apertada... Não há dúvida de que os altos preços do petróleo estão aqui para ficar!”

O petróleo já subiu cerca de 40 por cento desde o começo do ano, ajudado principalmente por um acordo entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e outros produtores, incluindo a Rússia, para reduzir a produção.

Para compensar a redução da oferta do Irã, os Estados Unidos estão pressionando a Opep para aumentar a produção.

Fonte: Reuters

 

Comentários