Workshop Tomada de decisão - investimento em portos

Xeneta revela declínio súbito de taxas de frete

Após dois meses de aumentos constantes nos contratos de frete de longo prazo para operadores de contêineres, o último relatório de Índices Públicos XSI da Xeneta mostra uma reversão no quadro, com as taxas caindo 4,2%. 

De acordo com os dados fornecidos pelo relatório, todas as principais rotas tiveram queda mês a mês, baixando os índices para o nível mais baixo desde junho de 2018.

A Xeneta, sediada em Oslo, é a principal plataforma de benchmarking e análise do mercado de frete marítimo e produz o relatório mensal com dados coletados dos principais embarcadores e agentes de carga do mundo. 

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

"Esta é uma verdadeira reviravolta", comenta Patrik Berglund, CEO da Xeneta. “Nos últimos dois meses, a indústria conseguiu um alívio, com altas de 2,5% em fevereiro e 0,5% em março. Nesse contexto, uma queda de 4,2% vem como um choque para o sistema."

As razões para o declínio são complexas, com contribuição do excesso de oferta na Europa (com a atividade crescente da Ocean Alliance e novos slots disponíveis) e a guerra comercial EUA-China.

Comentários

Cash Computadores

Assine Portos e Navios

Consórcio Águas Azuis

Brasil Offshore

Tche Digital

Assine Portos e Navios

Aapa

ABTP

Ricardo Sudaiha

Fenavega Abratec