Transporte de passageiros cai mais de 60% em 3 estados durante pandemia

O setor de transporte de passageiros foi um dos mais atingidos pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Nas travessias litorâneas em São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia o transporte aquaviário sofreu uma redução da capacidade de 65 a 75%. As empresas que administram as embarcações informaram que ainda não calcularam o impacto financeiro da pandemia, tendo em vista que a quarentena decretada pelos governos estaduais ainda está em vigência.

Após o decreto de isolamento social do governo do estado da Bahia, a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transporte e Comunicações da Bahia (Agerba), informou que a administradora do sistema Ferry-Boat reduziu a oferta de vagas gradualmente. No início do isolamento, a redução chegou a 70% da capacidade de cada embarcação. Mas desde o início de abril que a redução passou para 50%.

Restrito a assinantes