Relatório indica metanol como solução chave para a descarbonização do transporte marítimo

Um novo relatório sobre a redução de emissões do setor marítimo global verificou os benefícios do metanol como combustível marítimo, destacando-o como uma solução fundamental para a descarbonização.

O relatório , publicado pela empresa de serviços financeiros de energia limpa Longspur Research, analisa possíveis soluções para descarbonização no mercado de transporte marítimo no valor de US$ 105 bilhões por ano.

De acordo com o relatório, os benefícios do metanol, como fungibilidade, disponibilidade, densidade de energia e, o mais importante, a capacidade de reduzir significativamente as emissões, colocam-no imediatamente no centro das atenções da descarbonização marítima.

PUBLICIDADE

Rimac


Diz-se que o transporte marítimo gera mais de um bilhão de toneladas de emissões através de dióxido de carbono (CO2 ) e poluentes do ar, como óxidos de enxofre (SOx ), óxidos nitrosos (NOx ) e material particulado. E o metanol é capaz de cortar esses emissões em mais de 60% graças às suas qualidades de queima limpa.

Além disso, o metanol produzido a partir de gás natural oferece uma economia inicial de 10 a 15% de CO2, aumentando para mais de 90% ao usar metanol renovável.

O relatório distingue o combustível como a melhor solução disponível hoje.


Pesa

    AAPA     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios