Proposta de suspensão do AFRMM sobre fertilizantes preocupa setor naval

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) solicitou ao Ministério da Infraestrutura, na última semana, a suspensão temporária do Adicional de Frete para Renovação da Marinha Mercante (AFRMM) cobrado sobre a importação de fertilizantes. A reivindicação surge em razão da crise provocada pelo novo coronavírus (Covid-19) sobre a atividade agropecuária. No entanto, este pedido preocupa o setor naval, visto que essa contribuição representa uma das principais receitas do Fundo da Marinha Mercante (FMM).

Para analistas e estaleiros ouvidos pela Portos e Navios, a preocupação existe porque esta é uma reivindicação antiga da CNA e que não agrada ao setor naval. Porém, eles acreditam que considerando o momento atípico pelo qual passam o Brasil e o mundo devido à pandemia, a suspensão, desde que aplicada de forma emergencial, pode ser importante para auxiliar um setor estratégico para economia como é o caso da agropecuária.

Restrito a assinantes