Mercosul Line aumenta capacidade do serviço Braco

Para conectar o sul ao norte do Brasil, um novo navio de 3.800 TEU integrará a frota a partir de abril

A Mercosul Line anuncia aumento na capacidade do serviço Braco, ao substituir um de seus navios de 2.500 TEUs por um novo de 3.800 TEUs – o "CMA CGM Santos", que passará a integrar a frota a partir de abril.

O serviço Braco foi desenhado com tempo de trânsito otimizado, conectando as regiões brasileiras por meio da cabotagem e de seus serviços multimodais porta a porta. Essa rota beneficia, diretamente, o estado do Amazonas, onde se encontra a Zona Franca de Manaus, polo industrial criado para promover uma maior integração territorial na região norte brasileira.

PUBLICIDADE

MCI


“O serviço BRACO tem uma escala semanal no Amazonas, possibilitando que produtos fabricados no polo industrial alcancem de forma mais rápida e segura diversas regiões do Brasil, aumentando, ainda mais, a competitividade das indústrias no estado e conectando-as com seus consumidores finais”, afirma Arnaud Thibault, vice-presidente Latam do Grupo CMA CGM.

Atualmente, existem cerca de 500 empresas instaladas na Zona Franca de Manaus. Segundo dados da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), as indústrias da região faturaram, até setembro de 2022, mais de R$ 129 bilhões, o que representa um crescimento de 8,69% em relação ao mesmo período de 2021. Outro ponto relevante foi o aumento no ritmo de geração de empregos, já que nos últimos quatro anos foram criados mais de 20 mil empregos no polo industrial.



      GHT    Antaq
       

 

 

Anuncie PN

 

  Pesa   Assine Portos e Navios
       
       

© Portos e Navios. Todos os direitos reservados. Editora Quebra-Mar Ltda.
Rua Leandro Martins, 10/6º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20080-070 - Tel. +55 21 2283-1407
Diretores - Marcos Godoy Perez e Rosângela Vieira