Marintec Navalshore

Maersk vai utilizar sistema de bateria porta-contêiner de 4.500 TEUs

A gigante dinamarquesa Maersk instalará um sistema de bateria de 600 kWh no porta-contêineres "Maersk Cape Town", de 4,5 mil TEUs em dezembro para melhorar o desempenho e a confiabilidade da embarcação e reduzir as emissões de CO2.

Segundo Søren Toft, COO da Maersk, este será um teste que propiciará maior entendimento do armazenamento de energia que apoiará a empresa na direção de uma eletrificação adicional de sua frota e terminais portuários.

A empresa avalia que a propulsão de embarcações marítimas apenas com energia da bateria ainda está a anos de ser uma opção técnica e economicamente viável.

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

No entanto, os sistemas de baterias marítimas podem ser usados para melhorar a eficiência dos sistemas elétricos de bordo de uma embarcação. Ao manter os geradores auxiliares em uma carga ideal e evitar o funcionamento de geradores, o consumo geral de combustível pode ser reduzido.

O sistema de armazenamento de energia de bateria em contêiner foi fabricado em Odense, na Dinamarca, pelo integrador de sistemas e fornecedor turnkey Trident Maritime Systems.

O navio com bandeira de Cingapura navega entre a África Ocidental e o Leste da Ásia. Sua primeira viagem completa com o novo sistema em vigor será realizada no próximo ano.

Comentários

ABB

Assine Portos e Navios

Consórcio Águas Azuis

Syndarma

Abac

Conapra

FGV Transportes

Aapa

Tche Digital

Sobena

Sinaval Abratec