MSC

Hapag-Lloyd obtém receita de US$ 1,8 bilhão no segundo trimestre

Resultado do semestre é significativamente maior em comparação com o mesmo período do ano anterior

A Hapag-Lloyd publicou seus números para o primeiro semestre de 2021 nesta quinta-feira (12). Obteve um EBITDA de US$ 4,2 bilhões (3,5 bilhões de euros). O EBIT subiu para US$ 3,5 bilhões (2,9 bilhões de euros) e o lucro do Grupo subiu para US$ 3,3 bilhões (2,7 bilhões de euros).

“Em um mercado com uma demanda muito forte por transporte de contêineres, nos beneficiamos de taxas de frete significativamente melhoradas e olhamos para um primeiro semestre muito bom. Entre outras coisas, fomos capazes de reduzir nossa dívida líquida em US$ 1,5 bilhão, embora tenhamos pago um dividendo significativamente mais alto em comparação com o ano anterior ”, disse Rolf Habben Jansen, CEO da Hapag-Lloyd.

As receitas aumentaram no primeiro semestre de 2021 em aproximadamente 51%, para US$ 10,6 bilhões (8,8 bilhões de euros), principalmente por causa de uma taxa de frete média 46% mais alta. O desenvolvimento da taxa de frete foi o resultado da alta demanda combinada com a escassa capacidade de transporte e severos gargalos de infraestrutura.


Logcomex


Embora a demanda permaneça alta no atual ambiente de mercado congestionado, isso está levando a uma escassez da capacidade de transporte semanal disponível. Por este motivo, a Hapag-Lloyd espera que os lucros permaneçam fortes na segunda metade do ano financeiro. O EBITDA para o ano inteiro deve ficar na faixa de US$ 9,2 a US$ 11,2 bilhões (7,6 bilhões a 9,3 bilhões de euros) e o EBIT na faixa de US$ 7,5 bilhões a 9,5 bilhões (6,2 bilhões a 7,9 bilhões de euros).

    Terlogs     Mampaey     AAPA
             

Tche Digital

 

 

HPP

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios