Marintec Navalshore

Hapag-Lloyd alcança resultado líquido do grupo significativamente melhorado em 2019

A Hapag-Lloyd publicou os resultados auditados dos negócios para 2019. O resultado bruto do grupo aumentou significativamente em torno de 418 milhões de dólares (373 milhões de euros). O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) aumentou para 2,2 bilhões de dólares (quase 2 bilhões de euros). Ao mesmo tempo, lucro antes de juros e impostos (EBIT) subiu para 908 milhões de dólares (811 milhões de euros). O resultado inclui os efeitos da aplicação pela primeira vez da norma contábil IFRS 16, que soma aproximadamente 523 milhões de dólares (467 milhões de euros) para o EBITDA e aproximadamente 34 milhões de dólares (31 milhões de euros) para o EBIT.

“Hoje estamos em tempos de incertezas e mudanças rápidas, mas isso não muda o fato de que 2019 foi um ano muito bom para a Hapag-Lloyd. Nós nos beneficiamos com maiores volumes e melhores taxas de frete, mantivemos um olhar atento aos nossos custos e reduzimos nosso débito financeiro significativamente. Nós também continuamos implementando nosso plano estratégico 2023 e atingimos um resultado bruto que também está acima do registrado no ano anterior”, disse Rolf Habben Jansen, CEO (Chief Executive Officer) da Hapag-Lloyd AG.

As receitas aumentaram em aproximadamente 3% no ano financeiro de 2019, para 14,1 bilhões de dólares (12,6 bilhões de euros). A taxa média de frente de 1,072 dólar/TEU esteve 2,7% acima do ano anterior graças a um foco maior em rotas rentáveis e um gerenciamento ativo de receitas. O crescimento de 1,4% em um ano sobre o outro no transporte de volumes, para mais de 12 milhões de TEU, também deu uma contribuição positiva para as receitas. Despesas menores com o manuseio e o transporte terrestre de contêineres, um preço médio de consumo de bunker ligeiramente mais baixo de 416 dólares por tonelada, assim como a aplicação pela primeira vez da norma contábil IFRS 16, tiveram um efeito positivo nas despesas de transporte, que somaram 10,9 bilhões de dólares (9,7 bilhões de euros).

Publicidade

Marintec Navalshore

 

Além disso, cerca de 1 bilhão de dólares (mais de 800 milhões de euros) em dívida financeira foi reembolsado (excluindo IFRS 16) em 2019, o que significativamente reduziu os custos de financiamento na segunda metade do ano. O índice de alavancagem (Dívida líquida / EBITDA) diminuiu para 3,0x e, portanto, está abaixo da meta de 3,5x estabelecida para 2019. Em vista disso, a Diretoria e o Conselho Fiscal da Hapag-Lloyd AG decidiram propor à Assembléia Geral Anual que um dividendo de 1,10 euro por ação seja pago para o exercício de 2019.

Para 2020, a Hapag-Lloyd hoje espera um EBITDA de 1,7 a 2,2 bilhões de euros e um EBIT de 0,5 a 1,0 bilhão de euros. Esta previsão para 2020 está sujeita a incerteza consideravelmente mais altas devido particularmente ao surto de coronavírus. Depois de um começo decente de 2020, os volumes globais de contêineres serão afetados pela crise mundial de coronavírus e a magnitude disso é impossível de determinar agora. A Hapag-Lloyd prevê que a oferta de capacidade de transporte talvez precise ser ajustadas à luz do coronavírus nos próximos meses para lidar com a demanda menor. A extensão do surto de coronavírus não pode ser prevista, mas a Hapag-Lloyd espera que haverá um impacto nas receitas pelo menos até o fim do primeiro semestre de 2020.

“2020 vai ser um ano muito atípico depois que vimos que, devido ao surto de coronavírus, muitos mercados mudaram muito rapidamente nas últimas semanas. Depois do choque inicial, mercados na China e em outros países asiáticos começaram a se recuperar provavelmente mais rápido do que muitos temiam - mas os outros continentes ainda estão impactados, e os efeitos disso serão significativos. Nós vamos nas próximas semanas e meses focar principalmente em três aspectos que importam mais para nós: a segurança e a saúde dos nossos colaboradores; manter as cadeias de suprimentos dos nossos clientes fluindo e tomar medidas financeiras de precaução, caso a tempestade dure mais do que o previsto”, disse Rolf Habben Jansen.



Assine Portos e Navios

fundo transp Intermodal
  Thermo Solutions     Assine Portos e Navios

  Catálogo da Indústria Marítima

 

 

  Antaq

 

Tche Digital

 

 

 

Sinaval   Abratec
Publicidade

Catálogo da Indústria Marítima