Brasmero

Hamburg Süd volta ao nível pré-crise no trade entre Ásia, México e Costa Oeste da AL

Para atender a recuperação dos volumes, a Hamburg Süd e a chilena CCNI decidiram restaurar a capacidade ao nível pré-crise no trade entre Ásia, México e Costa Oeste da América do Sul. A partir de junho, o serviço será realizado por dois anéis. O Anel 1 terá 11 navios com capacidade de 4,2 mil TEUs cada, com a seguinte rotação de portos: Yokohama - Pusan - Shanghai - Ningbo - Yantian - Hong Kong - Manzanillo (México) - Lazaro Cardenas - Callao - Iquique - Puerto Angamos - Valparaiso - Lirquen - Lazaro Cardenas - Yokohama.

Já o Anel 2 será feito com 10 navios com capacidade de 2,7 mil TEUs cada, e que escalarão os portos de Keelung - Hong Kong - Shanghai – (Moji) - Pusan - Manzanillo (México) - Buenaventura – Guayaquil (Iquique) – Port Angamos/Antofagasta - Valparaiso - Keelung.

Em 2009, a Hamburg Süd movimentou 2,3 milhões de TEUs. O maior fluxo de mercadorias concentra-se nos trechos Brasil e Argentina para a Europa. Nesta rota, os produtos mais transportados são café, tabaco, autopeças, carne, frango e frutas. Na rota inversa aparecem os produtos químicos e autopeças.

Da Redação

 

PUBLICIDADE

Portonave



Pesa

    AAPA     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios