Frota nacional em debate

Covid-19 reforça importância de frota própria para EBNs. Analistas sugerem incentivos para novos ‘players’
• A Associação Brasileira dos Armadores de Cabotagem (Abac) reitera a importância de as empresas brasileiras de navegação (EBN) operarem com navios próprios. A avaliação da Abac é que a frota própria das companhias brasileiras garante o abastecimento do país, sobretudo em momentos críticos, como o vivenciado na pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A Abac defende a propriedade de embarcações de bandeira nacional para valorizar as EBNs e evitar o desabastecimento, caso navios de bandeira estrangeira partam para operar em outros mercados quando estiverem mais atrativos que o brasileiro.

Restrito a assinantes