Great Ocean

Fabricantes chineses fream aumento da produção de contêineres

Ainda não há contêineres suficientes nos lugares certos para equilibrar o transporte marítimo no mundo. A esperança era que as fábricas de contêineres chinesas acelerassem a produção, mas não há registro de que isso venha acontecendo. O motivo seria a manutenção dos altos preços dos equipamentos.

Três empresas chinesas - CIMC, DFIC e CXIC - produzem cerca de 80% dos contêineres do mundo. A Drewry Container Maritime Research estima que a produção global aumentará 6,5% este ano.

O preço de um contêiner novo aumentou de US$ 1,800 por unidade de custo equivalente (CEU, medida do valor de um contêiner baseada em TEU) no início de 2020 para US$ 2,500 do fim do ano passado e hoje está em US$ 3,500.




Marintec Navalshore