Empresas apostam em novas tecnologias de combate ao derramamento de óleo

Prestadores de serviços identificam avanços em desenvolvimento, testes e adoção de inovações tecnológicas no combate ao derramamento de óleo no Brasil. As demandas se estendem a zonas portuárias que, cada vez mais, exigem o cumprimento de normas e protocolos de prevenção e segurança por conta da recepção, movimentação e armazenagem de cargas perigosas. As empresas observam melhor interpretação das regras e maior abertura dos órgãos ambientais para discutir a utilização de tecnologias mais avançadas e eficientes. Prestadores, órgãos ambientais e autoridades continuam a discutir ajustes nos planos de emergência individual (PEI), de ajuda mútua (PAM) e no Plano Nacional de Contingência (PNC) a fim de ajudar a prevenir e a agilizar o tempo de resposta e controle a eventos com vazamentos.

Registre-se para ler mais...


Pesa

    AAPA     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Hidromares

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios