Redução de emissões no transporte marítimo passa por debate sobre tecnologias, custos e pontos de abastecimento

• A corrida pelo desenvolvimento de combustíveis alternativos vai definir o futuro do transporte marítimo mundial. As metas de redução de emissões e dos índices de enxofre na composição dos combustíveis estimulam alternativas, porém ainda representam desafios para o setor. Os armadores alegam que a taxação dos combustíveis marítimos e a criação de sistema de comércio de emissão aumentam o preço do insumo e forçam as empresas a reduzirem a queima do bunker, o que nem sempre é possível. Eles temem que as políticas de emissões aumentem o frete e, consequentemente, o custo da carga e o preço das mercadorias para o consumidor final.

Cash Computadores

Mackay Marine

Oceanpact

Syndarma

ABTP

Abac

Tche Digital

TMSA

Assine Portos e Navios

Abeam

Sobena

Fenavega Abratec

 

Ecobrasil