Classificadoras estão atentas a emissões, eficiência, digitalização e automação

A indústria naval mundial passa por rápidas e importantes transformações que trazem incertezas e desafios para operadores, estaleiros, fabricantes e sociedades classificadoras. Com a pandemia, alguns processos como a digitalização, que já avançavam, foram implementados com mais rapidez. A retração econômica global mexeu com as indústrias de shipping e de petróleo e gás, que começam a dar sinais de recuperação na visão de classificadoras. Elas enxergam como tendências, entre outros pontos, o cumprimento das metas ambientais, o desenvolvimento de novos combustíveis, o monitoramento remoto de ativos, as pesquisas sobre automação e a segurança cibernética.

Registre-se para ler mais...

Priner     Terlogs     Mampaey     AAPA
             

ABTL

 

 

Sobena

 

  Stolthaven   Assine Portos e Navios
             
             

Navalshore

Allonda

Cash Computadores

Bombando

Error: No articles to display