Carteira de encomendas de porta-contêineres continua subindo

A carteira de encomendas de construção de navios porta-contêineres está estabelecendo novos recordes. Os pedidos equivalem às frotas existentes da Cosco, Hapag-Lloyd, Evergreen e Ocean Network Express (ONE) combinadas segundo corretores da Braemar ACM.

Os números não são consenso e as estimativas de encomendas com base na proporção da frota existente variam de 26,2% a 30% em TEUs. Para a Clarksons, a porcentagem é de 26,9%. Já a Alphaliner estima em 26,2%. De acordo com a Braemar ACM, em maio as encomendas, em relação à frota existente, ultrapassaram 30% em maio, com 7,5 milhões de TEUs.

A capacidade de TEUs encomendada seria a mais alta já registrada. A última vez que a capacidade de porta-contêineres encomendados representou 30% da frota comercial aconteceu no final de 2011.

PUBLICIDADE

Rimac


Em 2024, espera-se que mais de 3 milhões de TEUs de capacidade sejam entregues. A Clarksons estima o número em 3,5 milhões de TEUs, maior do que toda a frota existente da CMA CGM.


Pesa

        Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios