Capital recebe navios de guerra

Para manter a soberania brasileira nos rios da Amazônia, dois navios de guerra atracaram às margens do rio Madeira, no cais da Marinha do Brasil, em Porto Velho. Os navios “Patrulha Fluvial Pedro Teixeira” (P-20) e “Amapá” (P-32), levaram sete dias para chegar à Capital de Rondônia, onde irão participar no próximo domingo da inauguração da praça do Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, deixando no dia seguinte a cidade, com destino a Manaus.

As embarcações estarão abertas para visitação hoje e sexta-feira

A passagem das embarcações por Porto Velho é uma maneira de fazer com que a Marinha do Brasil se faça mais presente na cidade, estreitando os laços de amizade com a população. Durante os sete dias de visita, serão realizadas diversas atividades com os fuzileiros navais. São mais de 100 tripulantes fazendo ações de presença, como simulações de ataque à Delegacia Fluvial e ao rio Madeira. De acordo com o delegado Fluvial de Porto Velho, Capitão de Corveta Ubirajara Luberiaga Junior, estes são os maiores navios de guerra da Amazônia Ocidental. “Com essa visita iremos intensificar ações de inspeções navais, já que junto às embarcações existem lanchas e aeronaves, mostrando que estamos preparados para qualquer situação”, destacou.

Fonte: Diário da Amazônia


Marintec Navalshore