Abratec

Canal do Panamá com discreto descenso em trânsito de navios

O total de trânsitos de navios pelo Canal do Panamá experimentou no período de janeiro a março um descenso de 1,5% com respeito a similar lapso do passado ano fiscal, informaram hoje fontes oficiais.
Segundo informes da Autoridade do Canal do Panamá, na etapa analisada se concretizaram três mil 854 trânsitos, quantidade inferior em comparação com o 2009 (3.914).
No segmento de grandes navios, o retrocesso foi de 0,8%, ao passar de 1.815 a 1.801.
Por categorias, a ACP revelou aumentos em navios de carga geral, porta veículos e graneleiros, enquanto diminuíram os porta-contender, refrigerados, petroleiros e de passageiros.
Quanto a volume, a análise do sistema utilizado para medir a capacidade de carga dos navios que empregam a via mostrou um descenso de 2,3%, de 75,74 a 73,99 milhões de toneladas.
Enquanto, o tempo médio que lhe toma a uma nave atravessar o canal incluindo o período de espera diminuiu 24,7%, de 26,22 a 19,75 horas.
Manuel Benítez, vice-presidente executivo de Operações da ACP, indicou que este resultado "ajuda a nossos clientes a receber seus produtos mais rápido, gastar menos combustível e reduzir custos".
Para o futuro, acrescentou, antecipam-se "alguns sinais de relativo crescimento em segmentos importantes, na medida em que se recuperam os volumes".

Fonte: Prensa Latina


Marintec Navalshore