Armadores de porta-contêineres devem ter lucro de US$ 163 bilhões em 2022

O segmento de navios porta-contêineres deverá ter lucro operacional de US$ 163 bilhões em 2022, de acordo com relatório do banco HSBC. A instituição prevê um aumento de 8% no lucro em relação a 2021. Para se ter uma ideia do significado da estimativa, o lucro operacional de 2019 foi de US$ 5 bilhões.

A Cosco Shipping Holdings, proprietária da Cosco Shipping e da OOCL, comunicou na terça-feira à Bolsa de Hong Kong que terá um lucro líquido anual de US$ 14,2 bilhões em 2021, oito vezes maior que o de 2020. Isso apesar de o volume transportado ter crescido apenas 2,2% em TEUs no ano passado. Já a Maersk deverá anunciar um lucro de US$ 24 bilhões em 2021.

Segundo o estudo do HSBC, as previsões levam em conta os atuais níves de fretes muito elevados. O banco aponta ainda que há a possibilidade de queda nos lucros a partir de 2023, quando novos navios atualmente em construção entrarão em operação.

PUBLICIDADE

Portonave



Pesa

    AAPA     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios