A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq, o órgão regulador do setor) apresentou nessa quinta-feira (4), a representantes do mercado, o modelo de Apoio Portuário do Sistema de Desempenho da Navegação (SDN). A exposição ocorreu na sede do órgão, em Brasília, e foi feita pelo gerente de Regulação da Navegação Marítima, Rodrigo Trajano (na foto). O SDN é um sistema informatizado da Antaq, destinado a receber, pela web, informações técnicas e operacionais – sobre a frota, as atividades realizadas e os valores cobrados – a serem prestadas pelas empresas brasileiras de navegação.

Segundo a Antaq, desde essa quinta-feira (04)  até o próximo dia 26, o SDN é submetido a uma fase de teste, na qual o módulo do Apoio Portuário pode ser usado. O objetivo é disponibilizar, com este acesso, uma maneira para que a iniciativa privada envie sugestões para melhorias e para que ela tenha prévio conhecimento da ferramenta. O diretor-geral da Antaq, Mário Povia, pediu que o setor regulado envie sugestões para que a agência incremente a ferramenta tecnológica. E destacou que o objetivo do SDN é conhecer o setor “e não controlar preços. Nossa defesa é por uma política de preços livres em quaisquer instâncias. Esse é o modelo que julgamos adequado”.

Fonte: A Tribuna

Comentários


Schottel

Assine Portos e Navios



Syndarma

ABTP

Antaq

TMSA

Assine Portos e Navios

Abeam

Sobena

Terra Firma Abratec