Brasmero

477 graneleiros estão presos esperando para entrar na China

477 navios graneleiros aguardam para descarregar minério na China, segundo a Bloomberg. As filas de navios que transportam matérias-primas aumentaram depois que Xangai iniciou um bloqueio no final do mês passado para combater a Covid-19.

Agora, o congestionamento se expandiu para a vizinha Ningbo-Zhoushan, com os armadores desviando os navios para outros portos do país.

Nesta segunda-feira, há 222 graneleiros esperando em Xangai, 15% a mais do que no mês anterior, segundo a Bloomberg. Em Ningbo-Zhoushan são 134 navios, 0,8% a mais que no mês passado, enquanto mais ao norte, os portos combinados de Rizhao, Dongjiakou e Qingdao tiveram um aumento de 33% para 121 navios.

PUBLICIDADE

Navalshore


Outros 197 navios porta-contêineres carregando ou esperando para carregar estão no trecho combinado de Xangai com Ningbo, um aumento de 17% em relação ao mês anterior.

A escassez de trabalhadores portuários em Xangai está retardando a entrega da documentação necessária para os navios descarregarem cargas. Enquanto isso, os navios que transportam metais como cobre e minério de ferro ficam retidos no mar, pois os caminhões não conseguem acessar os portos.

Parte desse congestionamento está se espalhando para outros portos, com navios sendo desviados mais ao norte para portos em Qingdao e Tianjin, onde os serviços de caminhões não foram tão afetados.


Pesa

    AAPA     Jan de Nul     Antaq
             

Tche Digital

 

 

Anuncie PN

 

  Sinaval   Assine Portos e Navios