Prevenção de vazamentos marinhos pode aumentar com retomada no setor de óleo e gás e planos de área

Especialistas afirmam que o Brasil é um dos países mais bem equipados para atuação contra vazamentos marinhos e pronta resposta. Nos últimos anos, porém, as empresas que prestam esse tipo de serviço receberam menos demanda devido à diminuição da atividade no setor de petróleo. As companhias esperam o reaquecimento das atividades no setor de óleo e gás a partir de 2019 e o desenvolvimento de novos planos de áreas. Para aproveitar a experiência adquirida, o segmento também analisa oportunidades que vêm sendo discutidas no Brasil sobre o descomissionamento de plataformas.