Menor atividade na navegação reduz vagas para oficiais e alunos recém-formados no ensino profissional marítimo

• Aumentou a espera dos alunos que concluem cursos de formação de marítimos e precisam de vagas em embarcações para se tornar oficiais. O principal motivo é a redução das atividades de navegação nos últimos anos, principalmente no apoio offshore. A entidade que representa os marítimos avalia a necessidade de o setor reencontrar o equilíbrio entre oferta e demanda e sugere uma redução no número de vagas nos concursos para ingresso nas Escolas de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM). As empresas de navegação defendem a constante formação de marítimos, inclusive nos cursos de adaptação da Marinha, para evitar desmobilização das turmas e na expectativa do reaquecimento das atividades.

Faça uma assinatura ou efetue login para ler mais