Marintec Navalshore

Produtos e Serviços

 

O primeiro dia de palestras discutirá a reforma portuária e as políticas de conteúdo local para o setor de petróleo e gás. Um dos estudos de caso que envolve cargas de projeto mostrará investimento de US$ 20 bilhões da Vale em Carajás (PA). Na parte da tarde, serão apresentadas oportunidades para logística de cargas de projetos nos mercados latino- -americanos.

No segundo dia do evento, haverá um panorama sobre o futuro do setor marítimo e as previsões para 2015. A palestra vai discutir a oferta de navios de carga pesada, o congestionamento nos portos e o impacto na produtividade, além da consolidação das operações com granéis e cargas de projeto. O último dia do evento terá ainda uma análise sobre os investimentos públicos e privados no setor portuário brasileiro, a necessidade de aprimoramento de tecnologia e expansão da infraestrutura disponível.

O Breakbulk South America é voltado para a movimentação de cargas pesadas, cargas de projeto e logística de carga Ro-Ro. O evento terá mais de 300 expositores. A lista inclui a Thorco Shipping, CMA CGM, Rickmers-Linie, Localfrio, Tecon Salvador e a Wallenius Wilhemsen Logistics (WWL).

Plano de área

O porto de São Sebastião tornou-se reconhecido pelos órgãos ambientais como o primeiro da zona costeira a ter Plano de Área para acidentes com óleo. A certificação do Plano, recém-obtida, conta com a participação direta por mais de três anos da Fundação de Apoio à Tecnologia (Fundação FAT). Somente no ano de 2013, foram realizadas 296 horas de treinamentos para 239 funcionários e colaboradores do porto, além de exercícios práticos simulados de acidentes ambientais. “Hoje a cultura de proteção ambiental é uma realidade no porto”, afirma Pedro Maziero, consultor da Fundação FAT destacado para o projeto.

Para 2014, estão programadas outras 17 turmas, um total de 320 horas de treinamento. Estas ações integram o programa de melhoria na gestão ambiental do porto de São Sebastião, avaliado como o segundo porto do país pelo Índice de Qualidade de Gestão Ambiental em Portos Organizados da Antaq.

Além das qualificações, a FAT atua com uma equipe de técnicos especializados em acidentes ambientais, em uma moderna estrutura de base de atendimento, o Centro de Atendimento a Emergências inaugurado pela Companhia Docas de São Sebastião em 2013. Com a implementação desses serviços, a capacidade de resposta a vazamentos de óleo no mar na região foi intensificada. O processo também atua preventivamente para gerenciar os riscos conhecidos e evitar que haja consequências para o meio ambiente.

Novo escritório

A Brado inaugurou novo escritório em Santos (SP). A unidade contribui com os planos da companhia em ampliar a participação no mercado de contêineres com destino ao portos santistas. A empresa atende o corredor ferroviário de bitola larga, que conta com os terminais de Rondonópolis (MT), Araraquara, Sumaré e Cubatão (SP). Uma equipe comercial e técnica passa a concentrar, em Santos, o atendimento das operações deste corredor e amplia a participação no mercado de contêineres nos portos de Santos, que movimentaram, no último ano, um total de 2,446 milhões de TEUs.

Com a implementação de um moderno CCO (Centro de Controle e Operações), ligado diretamente a Matriz, em Curitiba, o escritório faz a rastreabilidade em tempo real das operações e fornece respostas imediatas aos clientes, que também podem acessar on-line o status da sua carga.

Scanner

As cargas destinadas ao Polo Industrial de Manaus (PIM) vão ganhar ainda mais agilidade em sua liberação com o segundo scanner de contêineres a ser adquirido pelo Grupo Chibatão para seu terminal portuário. O equipamento possibilita fiscalizar o conteúdo de um contêiner em apenas 20 segundos, o que antes levava cerca de sete dias pelo método de vistoria física realizado pelo auditor fiscal. A Smiths Detections fornecerá o equipamento no primeiro trimestre de 2015.

A previsão é que, com o segundo scanner em funcionamento, o processo de vistoria não invasiva seja otimizado, trazendo agilidade na presença de carga, além de trazer mais confiabilidade nos serviços do complexo. “Como parte do pacote de investimentos 2014/2015, o grupo tem investido cada vez mais em tecnologia para a otimização de nossa produtividade e desempenho”, com intuito de entregar um bom nível de serviços ao PIM e ao Comércio, disse o gestor do Grupo Chibatão, Jhony Fidelis.

Anviloy

A Binzel do Brasil inicia a venda de produtos Anviloy no Brasil. A linha Anviloy é formada por produtos à base de tungstênio desenvolvidos principalmente para utilização em moldes de fundição de alumínio, extrusões difíceis, como também para preenchimento no reforço e reparo de matrizes e insertes. Os produtos ??serão vendidos e distribuídos sob a marca Weldstone e serão comercializados no Brasil exclusivamente através do representante oficial Binzel do Brasil.

A Binzel do Brasil e a Weldstone® fazem parte do Grupo IBG (Industrie-Beteiligungs-Gesellschaft mbH & Co. KG), que conta com mais de 50 empresas de produção e venda, bem como subsidiárias em todo o mundo com mais de 2,2 mil colaboradores, atuando de forma diversificada em três segmentos: tecnologia para soldagem, tungstênio/componentes cerâmicos e produtos químicos para construção.

Livro

Joaquim de Paiva Muniz, sócio da área de Arbitragem & Contencioso do Trench, Rossi e Watanabe, lança o livro Curso de Direito Arbitral: Aspectos práticos do procedimento (Editora CRV, 2014, 2° edição). Esse é o primeiro livro já atualizado de acordo com a recente reforma da Lei de Arbitragem (Lei 9.307/96), que completa 18 anos em 2014. Com prefácio do ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Sydney Sanches, a obra contempla entre as novidades dessa nova edição, as regulações observadas na lei sobre contratos da administração pública, disputas de participação societária, relações de consumo e relações trabalhistas de executivos e diretores de empresas.

“O livro procura suprir um nicho específico da bibliografia de arbitragem: um manual prático, usando terminologia simples, que possa ser utilizado facilmente por aqueles que ainda estão se acostumando com o mundo arbitral, mas que contenha o resultado de grande parte das pesquisas necessárias para a advocacia na área”, ressalta o autor na introdução da obra.

Alaf

A Asociación Latinoamericana de Ferrocarriles (Alaf) promove, pela primeira vez no país, uma assembleia geral para avaliar e discutir o desenvolvimento do sistema metroferroviário latino-americano. A reunião acontece no próximo dia 13 de novembro, em São Paulo, durante a NT Expo - 17º Negócios nos Trilhos. A expectativa da Alaf é aumentar o envolvimento dos países e empresas da América Latina para que haja maior integração comercial e tecnológica no continente. Entre as responsabilidades da entidade estão o crescimento do modal ferroviário em todas as suas funcionalidades. “A NT Expo é um dos maiores eventos do segmento ferroviário não só em nosso continente, mas com representatividade mundial. Por isso buscamos organizar em conjunto nossos encontros e aproveitar a comemoração dos 50 anos da Associação no Brasil e o momento de investimentos oportunos”, destaca o executivo que representa a associação no Brasil, Jean Pejo.

Procura-se

O governo de Porto Rico procura por um grande operador portuário internacional para se associar no desenvolvimento do porto das Américas, localizado em Ponce, na costa sul da ilha. O terminal fica a cerca de oito quilômetros do aeroporto Mercedita e tem mais de 1.214 quilômetros quadrados de área. “O desenvolvimento desse porto é essencial para os nossos esforços em expandir oportunidades comerciais com o Brasil e com a América do Sul. Estamos entusiasmados de trabalhar com o setor privado”, diz Alberto Bacó-Bagué, secretário do Departamento de Desenvolvimento Econômico e Comércio de Porto Rico.

Pesca

O Ministério da Pesca e Aquicultura acaba de lançar o 1º Anuário Brasileiro da Pesca e Aquicultura. A publicação retrata o cenário pesqueiro nacional e internacional, além de trazer artigos institucionais, científicos, legislações e calendários de eventos do setor. A publicação, com mais de 130 páginas, apresenta o cenário e as perspectivas de crescimento para o setor nos próximos anos. A proposta partiu da Associação Cultural e Educacional Brasil, com apoio da Rede Independência de Comunicação (Grupo RIC), do Ministério da Pesca e da Aquicultura e da Itaipu Binacional.


Totvs

A Totvs inaugurou um Centro de Excelência e Inovação em Supply Chain, o Ceisupply, em Joinville. A iniciativa tem o objetivo de ampliar a estrutura em pesquisa e desenvolvimento e foi desenhada para ser um ambiente real, de conexão entre todo o fluxo da cadeia de Suprimentos. São contemplados os segmentos de manufatura, distribuição e logística. O objetivo é promover o estudo e a aplicação de ações inovadoras e integradas com os diferentes nichos deste setor.

O Ceisupply é um espaço para fomentar discussões sobre produtos e processos, consolidando um laboratório de treinamento para clientes Totvs e parceiros.