Marintec Navalshore

Editorial 697

Nos últimos anos, as mulheres se tornaram presença majoritária no comando da gestão ambiental dos portos públicos. Não é um fato corriqueiro. Embora haja mulheres no comando em postos-chaves nas companhias docas e demais autoridades portuárias, a desproporção entre gêneros é grande, num setor marcadamente masculino. Segundo o IBGE, no Brasil os homens ocupam 60,9% dos postos gerenciais no mercado de trabalho, contra 39,1% de mulheres. Segundo ainda o IBGE, mulheres estudam mais mas recebem 23,5% menos que os homens.

Restrito a assinantes