Wärtsilä anuncia propulsores potentes

A Wärtsilä apresenta uma nova série de propulsores, mais eficientes e com maior faixa de potência. A linha Wärtsilä a Steerable Thruster (WST) está sendo introduzida para substituir as atuais linhas Modular e Compact, enquanto a Wärtsilä Transverse Thruster (WTT) substitui a atual gama de propulsores transversais.
O projeto de desenvolvimento dos produtos teve início em 2011, utilizando avançadas ferramentas de cálculo e simulação para implementar as últimas tecnologias em projeto de equipamentos e garantir a liderança hidrodinâmica dos produtos. Os recursos adicionais dos novos equipamentos incluem uma caixa redutora do hélice com inclinação de oito graus e um novo tubulão para os propulsores projetados para a utilização em perfuração offshore. Os novos propulsores destinados a aplicações em rebocadores terão também um novo tubulão, para melhor desempenho, e um nível elevado de integração de sistemas.
O primeiro produto a entrar na fase piloto é o WST 45 U, um propulsor azimutal de 4500 kW, projetado principalmente para o mercado de perfuração offshore, que permite a montagem e desmontagem subaquática, sem necessidade de docagem da embarcação para serviços de manutenção.
Outros dois produtos estão programados para começar sua fase piloto ainda este ano: o WTT 11, projetado principalmente para navios mercantes, e o WST 14, que se destina a rebocadores de até 45 tpb e é compatível com motores a diesel de média e alta velocidade (até 1800 rpm). A Wärtsilä continuará a ampliar seu portfolio nos próximos anos, com base nas exigências do mercado e nas prioridades de seus clientes. “O setor naval está passando por um período de significativas mudanças e avanço tecnológico, e esta nova geração de propulsores foi desenvolvida em consonância com essas tendências. Os novos produtos são ainda mais eficientes e confiáveis, além de mais leves e mais fáceis de instalar”, diz Arto Lehtinen, vice-presidente de Propulsão da Wärtsilä Ship Power.
Os propulsores de nova geração visam também o mercado brasileiro. Com a instalação de sua primeira fábrica no país, já em construção no Porto do Açu, a Wärtsilä poderá fabricar os modelos no Brasil.