Seminário Cenários da Indústria naval e Offshore 2019

Volta às origens

• Marintec tem nova data. Feira acontecerá em agosto de 2020 no Centro de Convenções SulAmérica

A 16ª edição da Marintec South America tem nova data: será realizada de 11 a 13 de agosto de 2020 no Centro de Convenções SulAmerica, no Rio de Janeiro. A tradicional feira dos setores naval e offshore aconteceria em agosto de 2019. O adiamento é consequência da mudança societária na empresa realizadora, a Navalshore Organização de Eventos, e por avaliações de mercado.

Em 2018, a UBM, que detinha o controle acionário da Navalshore, foi adquirida pela Informa Exhibitions, ambas de origem inglesa e com presença mundial no setor de feiras e eventos. No final do ano passado, a Informa Exhibitions e os sócios Rosângela Vieira e Marcos Godoy Perez iniciaram tratativas visando à saída da multinacional da sociedade. As negociações foram concluídas no último dia 21 de março.

Publicidade
Catálogo da Indústria Marítima

 

“O Brasil passa por um momento de mudanças e a tendência é que a economia se fortaleça ao longo deste ano, com reflexos positivos em 2020. Acreditamos muito na reestruturação do setor naval e a feira é referência como ambiente de negócios e networking. Na conferência que acontecerá em paralelo queremos trazer os principais players para debater os rumos do setor naval e para a apresentação de novas tecnologias”, afirma Rosângela Vieira, diretora do evento.

Os novos controladores são também editores da Portos e Navios. Na verdade, trata-se de uma volta às origens, pois os atuais sócios são os criadores da feira, que em 2004 teve sua primeira edição, ainda sob o nome Navalshore — Feira e Conferência da Indústria Naval e Offshore.

Se nos anos recentes a indústria viu o declínio de projetos de construção de grandes navios, não deixou de manter-se em atividade e a Marintec foi o termômetro do setor, ao reunir empresas de todos os portes na promoção de negócios e na exposição de novas tecnologias. Os nichos de construção de rebocadores, embarcações fluviais, manutenção e reparo, considerados perenes, mantêm a indústria naval em ativididade.

O cenário futuro é virtuoso, com a entrada em cena dos projetos na área da indústria naval militar, leilões do pré-sal e a iminência de projetos de descomissionamento de plataformas. Os fornecedores de navipeças têm se mostrado otimistas e estima-se que o mercado comece a se reaquecer até o fim de 2019, com início de um novo ciclo em 2020.

A Marintec promete em 2020, como em anos anteriores, manter a tradição de ser o ponto de encontro da indústria naval, com sua exposição de produtos e serviços e promoção do desenvolvimento setorial.

Comentários

 

 

Reportagens da edição 702

Presença a bordo

08 Jul 2019 18:07 Navegação

Empresas pedem manutenção das vagas na formação para não faltar marítimos. Sindicato cobra equilíbrio entre oferta e demanda • O mercado de navegação no Brasil apresenta oferta de marítimos superior à...

Legal Seminar

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Considerado o mais importante mercado “offshore” fora do Mar do Norte, o Brasil também atraiu a atenção de armadores noruegueses em evento paralelo • A primeira apresentação deu uma visão das...

Mercado de gás

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

As oportunidades no setor de gás no Brasil também foram debatidas no evento.  A superintendente de Oléo e Gás do estado do Rio de Janeiro, Cristina Pinho, deu um quadro...

Brasil na Nor-Shipping

08 Jul 2019 18:07 Indústria naval

Pela terceira vez o Brasil promove um seminário durante o evento • Se neste ano o clima do evento em geral já era mais leve que nas edições anteriores, no caso...

Leia mais reportagens da edição impressa

Cash Computadores

Assine Portos e Navios

Consórcio Águas Azuis

Container Institute

Tche Digital

Sobena

Aapa

ABTP

Sobena

Fenavega Abratec