Vale - Mineradora inaugura CD e planta em Omã

A Vale inaugurou em março seu centro de distribuição e sua planta de pelotização no Complexo Industrial do Porto de Sohar, em Omã. Segundo a companhia, a pelotizadora e o centro de distribuição, que permite o armazenamento de grandes quantidades de minério bruto disponível just in time, servem como hub para atender à crescente demanda por produtos de minério de ferro no Oriente Médio, na África e na Ásia. O investimento nos empreendimentos é de de cerca de US$ 1,36 bilhão.

O complexo industrial da Vale é formado por duas unidades de pelotização, cada uma com capacidade nominal de 4,5 milhões de toneladas métricas anuais de pelotas de redução direta, e um centro de distribuição, com capacidade de movimentação anual de 40 milhões de toneladas métricas por ano. Segundo a Vale, foram investidos US$ 40 milhões em tecnologias que reduzem o impacto ambiental do empreendimento, como precipitadores eletroestáticos e wind fence (barreiras de vento), para controlar a emissão de particulados. A área conta ainda com um sistema de monitoramento contínuo de emissões e tem 100% de reciclagem de água.

Para maximizar a capacidade do centro de distribuição, a Vale fechou uma parceria com a Sohar Industrial Port Company, que construirá um terminal de águas profundas de 1,4 quilômetro. A Vale destaca que o terminal é um dos primeiros portos do mundo a receber os navios do tipo Very Large Ore Carriers (VLOCs), com capacidade de 400 mil toneladas, responsáveis pelo transporte do minério de ferro do Brasil para a costa do Sultanato de Omã.

A Vale assinou também um acordo com a Oman Shipping Company para a construção de quatro navios afretados, com operação dedicada à empresa. Os dois primeiros serão entregues, segundo a companhia, no primeiro semestre deste ano.


Catálogo da Indústria Marítima



Marintec Navalshore